Assinatura RSS

>Cozinhando com carne moida – Parte IV – Kibe

Publicado em

>Mais uma facil e gostosa, pode ser congelada, fica boa assada ou frita. vou deixar ela como encerramento das receitas com carne moida, e começar a colocar outras receitas.
Essa receita pode ser feita com um tempero pouco usual para comidas salgadas a canela. Ela deixa a comida com um gosto exótico e um perfume , eu uso também no tabule, fica maginifico. Outro tempero que se pode usar é o zatar, já não me agrada muito acho o sabor meio forte, mais vale a pena testar uma vez na vida. Já a hortelã da um gosto fresco muito agradavel, teste vale a pena.

Kibe:

500g de carne moida
1/2 xic de trigo para kibe
1 cebola bem picada
1 ou 2 colheres de hortelã fresca picada
1 ou 2 colheres de cheiro verde picado
1 colher de café de canela e/ou zatar (opcional)
sal e pimenta a gosto

hidratar o trigo conforme indicação na embalagem, lembrando de coloca-lo em uma vasilha grande já que ele vai crescer. Quando o quibe estiver bem hidratado escorrer muito bem, uma idéia é usar um pano de prato limpo de algodão, amarrar e torcer bem. Em uma vasilha misturar todos os ingredientes, uma forma boa para se testar o tempero é pegar um pedaço pequeno de massa e colocar em uma frigideira.
Levar ao forno a 180 graus até estar bem cozido (quando colocar um palito e ele sair seco), ou fritar em óleo até ele ficar dourado ou fazer uma fritura a seco, colocando em uma frigideira antiaderente.

Conforme eu tinha prometido vo colocar as fotos da primeira receita de hamburguer.



Essa é uma opção ele foi feito sem óleo na frigideira anti-aderente, para ver se ele esta bem cozido é só fazer um pequeno corte no meio e ver se esta rosado ou não. Outras formas de se fazer, na frigideira com óleo, no forno, no grill, com molho e queijo como polpetone no forno, ou colocar ele no molho de tomate, para colocar no molho pode ser cru mesmo.
Hoje vou testar uma receita de biscoito dietético se for boa coloco ela aqui no blog.

Anúncios

Sobre Marilia Jorge

Comida é vida, cozinhar uma paixão, logo cedo já demonstrava minha paixão, que com a idade vem aumentando. Dentro da cozinha entre panelas, formas e colheres de pau me sinto em casa. Ver um bolo crescendo faz meus olhos brilharem e nada como um bom cacau belga ou baunilha bourbon para abrir o apetite!

Obrigado pelo comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: